Europeando II- Planejando a viagem: qual a relação entre os pontos turísticos e a escolha do meu hotel?


Essa é a terceira semana de uma série de posts que tem como objetivo tornar a sua viagem dos sonhos real! Focando sempre em otimização de tempo e economia de dinheiro! (Confira o 1º post na integra aqui).

Semana passada eu deixei uma lista de “tarefas de casa” (confere aqui ). Fizeram? Ótimo, com os lugares definidos podemos começar a pensar sobre o hotel.




Três pontos foram importantes nas escolhas dos hotéis: preço, localização e conforto (que acabou ficando em último lugar).
Eu reservei todos os hotéis ainda no Brasil, por meio do site Booking (acompanhe o Blog que em breve falarei sobre quais são as vantagens e como utilizar). É muito fácil e seguro.
As reservas foram feitas com aproximadamente 2 meses de antecedência (que era o tempo em que as passagens estavam liberadas para compra).
Atenção: eu só reservei os hotéis após ter comprado as passagens. Isso pode economizar uma grana e prevenir alguns erros com datas de chegada e saída. 

Pra começar eu fiz uma pesquisa no Booking, colocando a data que eu imaginava ser a que estaríamos no local.
O site irá te dar inúmeras opções! Eu fui pré-selecionando as mais baratas. Dá para adicionar os hotéis a uma Lista de Favoritos no site e assim, quando você realmente for reservar, o hotel estará ali esperando por você!
Note que há inúmeros filtros no site. Eu sempre selecionei hotéis no centro e os organizei por menor preço. Além disso, avalie se há café da manhã, se há banheiro no quarto....

Eu fiz uma tabela com o nome do hotel, preço, vantagens, desvantagens...Dessa maneira fica fácil visualizar e irá te ajudar muito na hora de escolher a melhor opção.

Aparência do site Booking

O site irá te mostrar fotos e todas as informações referentes aos hotéis. Uma das informações importantes nessa etapa é o endereço. Com ele eu parti para o segundo passo dessa avaliação. 

Como saber qual o melhor custo-benefício em relação à localização? Simples, eu fiz um pré-roteiro, com buscas rápidas na internet, dos lugares que queria conhecer e utilizei o Google Earth (pode ser o Google Maps também) para estimar as distâncias dos pontos turísticos aos hotéis.
Veja esse exemplo em Roma. Eu marquei alguns hotéis que pré-selecionei no Booking e calculei a distância até alguns dos pontos turísticos mais famosos. 


O lado positivo de usar o Google Earth é que suas informações ficam salvas no seu computador...No decorrer do planejamento eu fui apenas aprimorando o roteiro.
Note que com ele você pode adicionar marcações específicas para cada tipo de lugar. No exemplo acima, os pontos turísticos estão marcados em rosa e os hotéis em vermelho.

O hotel 1 ficava a  2,6 km do Coliseu. Dava pra ir andando e assim iríamos economizar no transporte e no tempo, além de conhece a cidade e inúmeras outras atrações no caminho.


Eu fiz isso para os principais pontos turísticos das cidades que conheci e esse foi um dos pontos mais importantes para escolher o melhor hotel.

Fazer esses mapas dá um trabalho, mas eles foram extremamente úteis em outros dois momentos: na hora de dividir os pontos turísticos por dia, a fim de otimizar tempo (aguardem os próximos capítulos hahahah) e na hora de viajar (eu imprimi e levei comigo. Lá, até encontrar um mapa para comprar, eles foram muito importantes. Principalmente porque muitas vezes chegávamos na cidade bem cedinho, ainda estava tudo escuro e as lojas fechadas.).

Então lembre-se, nem sempre a opção mais barata é a melhor
Confira a relação das distâncias, pois quanto mais central o hotel mais tempo e dinheiro você irá economizar. Outra ponto positivo: fica fácil voltar para o hotel depois de um dia cansativo, tomar um banho e sair para conhecer a cidade a noite.

 Tarefa de casa: 
  • Fazer uma lista simples dos pontos turísticos mais famosos.
  • Procurar hotéis no Booking (ou em algum site  de sua preferência- Tripadvisor, Trivago, etc).
  • Instalar o Google Earth, caso não o tenha.
  • Com essas informações, marcar os pontos turísticos e os hotéis no Google Earth. 
  • Pré-selecionar os hotéis com base no preço e na localização.

Qualquer dúvida referente a essa etapa eu estou a disposição.
Contribua com o post. Deixe seu comentário, sua dica, sua sugestão...

Espero que esteja gostando!
Na próxima quarta você ficará sabendo: E a alimentação? Dá pra ter uma ideia do que, onde e quanto gastar com isso?

2 comentários:

  1. Adorei a dica de prestar atenção nos pontos turísticos! É tão óbvio, mas a gente acaba não pensando nisso. Estou anotando tudo aqui para fazer a minha viagem assim que puder. O seu texto está linkado no meu blog!

    http://renataguarino.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata..Já passei lá no seu Blog dar um "oi".
      Muito obrigada!!!
      E sobre a viagem: eu sou a louca da organização!
      Vc nem imagina tudo o que eu pesquisei...hahahahha
      Beijos

      Excluir