Eu esperava mais de você!



Eu tenho uma mania incrível de inquietude. Tô sempre correndo e sempre justificando pros outros, e pra mim mesma, que mês que vem melhora. Mês que vem eu vou ter mais tempo... mas, sempre há uma cenoura nova pra alcançar.

É uma técnica nova pra aprender. Nossa, por que mesmo que eu parei de bordar? E esses artigos aqui não terminados? Podia aprender a nadar... Tava pensando, será que não é hora de voltar a tentar o francês? Mas ai eu não consigo pagar a aula de violino.

Eu não sei o que me levou a ser uma pessoa tão agitada assim. 
E eu não deixei coisas incompletas por preguiça, eu apenas estava/estou em movimento, pulando de uma pedra para outra. Estou trilhando um caminho que eu não faço a menor ideia para onde irá me levar, só sei que, por hora, ele não tem fim.

Apesar de tudo isso, sinceramente, eu esperava mais de você!
Eu esperava que você fosse completamente segura financeiramente e que, a essa altura, estivesse pensando em ter filhos. 
Todo mundo esperava que você não pagasse mais aluguel, tivesse um carro e perdesse a vergonha de falar inglês. Você deveria ter melhorado esse currículo e é melhor começar a escrever direito, já que agora resolveu ter um blog!

Não, não me venha com essa de eu fiz muito. 
Eu esperava mais de ti!

O problema é que você se entope de coisaas que sabe que não vai dar conta. Seria melhor termimar o que começou, mas você vive sempre correndo atrás se mais.

E não queira justificar dizendo que nos últimos 5 anos você terminou um bacharelado, uma licenciatura, juntou as escovas de dente, conheceu um pedaço da Europa, terminou um mestrado, separou as escovas, começou um blog, se quebrou em mil pedacinhos e em seguida colou cada um deles, deixou tudo pra trás, montou seu ap, foi contratada no emprego dos seus sonhos, conheceu o Pacífico, quase terminou o doutorado. 
Eu sei, eu sei... você ainda nem chegou nos 30, mas é que eu esperava mais de você!




1 comentários:

  1. é do ser humano esperar mais de si mesmo e ao mesmo tempo se comparar com os outros, eu mesma fiquei de olho arregalado lendo tudo o que você já fez e eu continuo aqui engatinhando a curtos passos, mas o que a gente insiste em não aprender é que a vida não é competição, que ninguém esta atrasado
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir