Como organizar seu armário em 5 passos?

 




Independente do seu perfil de consumo, manter peças paradas no seu armário não traz nenhuma vantagem!

 

Por isso, vira e mexe eu estou fazendo uma organização, e detox, no meu armário.

 

No ano de 2020, com a pandemia e o trabalho em casa, meus looks se basearam em pijama e roupas confortáveis. Com o Desafio Cuide-se eu passei a olhar mais para as minhas peças e, dentre tudo o que tenho, percebi que já não gostava de algumas roupas e outras já não me serviam. Por isso, vou aproveitar esse momento para fazer uma limpa por aqui.

 

Mas, eu sei bem que nem sempre conseguimos desapegar de peças que estão lá no cantinho do guarda roupas. Por isso, selecionei algumas dicas na hora de começar esse processo.

 


organização de armário


1. Visualize o montante:

Tire tudo o que tem e visualize... São poucas peças ou uma montanha?

Tente começar tirando as peças e separando por grupos: calças, blusas, vestidos... Depois, liste tudo o que tem e reflita se precisa de todas essas peças. Você pode acabar se surpreendendo.  


2. Avalie a adequação:

Pense em como anda a sua vida: qual o seu trabalho? Que roupas mais usa? Você preza por conforto? Avalie quais roupas se adequam ao seu momento. Talvez aquela camiseta de dinossauro de quando tinha 15 anos não se encaixe mais no seu estilo... Ou aquela saia da sua fase gótica não seja mais tão útil na sua rotina.


3. Separe:

Se não usa há mais de 1 ano, faz sentido guardar? Não faz mais parte do seu estilo de vida? Tá apertada, te machuca, faz sentido manter? Separe em peças que irão ficar; peças que necessitam de conserto; peças que irão para a doação e peças que podem ser vendidas. Além disso, aprendi a separar as peças com apego emocional: aquela que você não usa, mas ganhou de alguém especial e não quer desapegar.


LEMBRE-SE: Nem tudo que reluz é ouro. Tem peças que podem ser vendidas para fazer uma graninha, mas nem todas as peças podem estar nessas condições. Por isso, separe uma caixinha para doar e destinar a quem realmente precisa.


4. Peça ajuda:

Há profissionais que podem nos ajudar. Se você não consegue se organizar, procure a ajuda de uma consultora de estilo. Eu fiz a minha consultoria com a Kelly Dutra e mudou a minha forma de manter o meu armário.


5. Organize:

Na hora de guardar as roupas novamente, planeje a melhor forma de organizar. É importante que, ao abrir, você consiga visualizar tudo o que tem. Se tiver bagunçado ou a peça estiver escondidinha você não vai saber o que usar. Mantenha a quantidade de roupas que o seu espaço suporta e nunca mais repita aquela frase “eu não tenho roupa”.





 

Me conta nos comentários: já fez seu detox no armário? Esse processo é fácil pra você?

Como escolher um jogo de panelas?



Que mané baladinha! O jovem chegando nos 30 anos gosta mesmo é de mobília para casa.

Aqui, quem está pedindo socorro são as panelas! No ultimo mês, duas soldadas perderam seus cabos e foram aposentadas.

Meu jogo de panela já é velho... Ganhei usado e já tá batendo seus 15 anos. Percebi que tá na hora de criar vergonha na cara e investir em panelas para chamar de minhas.

Por isso, fiz uma pesquisa de valores e modelos para encher meus olhos (e coração) com essas inspirações.

Mas, muito além de beleza, as panelas são essenciais em toda cozinha e o modelo, durabilidade e material são itens importantes na hora de fechar a compra.


Qual o melhor tipo de panela?


 Cerâmica:  Elas são um charme e, além de bonitas, são antiaderentes. São fáceis de limpar e mantem o alimento quente por mais tempo, mas são delicadas e qualquer batidinha pode quebrar. 

 Alumínio: São leves, baratas e super comuns. Esquentam com facilidade, mas podem grudar e queimar a comida, especialmente as mais fininhas.

 Inox:  Toda brilhosa e elegante, com alta condutibilidade de calor. Eu tenho uma grandona, uso apenas para alimentos cozidos em água, pois esse tipo de panela tende a fazer com que o alimento grude na sua superfície.

 Teflon: Ele é usado como um dos revestimento mais comum em panelas e  antiaderentes, formando uma película que impede que os alimentos grudem nas panelas. Meu tipo favorito, mas que demanda atenção no preparo do alimento (para não riscar o fundo) e na lavagem, para aumentar a sua vida útil - que não é muito longa.

 

Além do material, é importante pensar no tamanho e na quantidade de panelas que vem no jogo.

Para isso, pense na sua rotina! Eu, por exemplo, tenho as minhas favoritas: não são muito grandes e tem cabo comprido (e não alça).

A medida e espessura são importantes: a medida representa o quanto de alimento você irá conseguir fazer na panela e é descrita com diâmetro, em centímetros, e capacidade, em litros; já a espessura, descrita em mm, representa a sua resistência (queimar) e capacidade de manter calor - prefira panelas com espessura de no mínimo 1,5 mm.

 

Os valores de jogos de panela são muito variáveis: você pode comprar um jogo com 10 panelas muito mais barato do que um com cinco e a diferença está na qualidade.

Já cometi esse erro uma vez, comprando um jogo barato e sem parar para pensar.  O resultado? Raiva e muita comida queimada jogada no lixo. Portanto, não se deixe enganar por valores: invista em algo prático, útil e duradouro. 

Vamos para a minha Lista de Desejos?



jogo de panelas



1.  Jogo de Panelas Antiaderente Cobre 7 Peças - La Cuisine By Brinox - R$239,99

Número de peças: 7

Peças: caçarola (2,5L e 3,4L), panelas (1,75L e 1,2L), frigideira (0,6L), frigideira (0,45L) e fervedor (1,2L).
Material: alumínio com antiaderente.
Espessura:?
Detalhes: tampas de vidro e cabos de baquelite.

2. Jogo de Panelas Tramontina Antiaderente - Bronze e Preto 8 Peças Turquia- R$379,90
Número de peças: 8
Peças: Assadeira funda (1,9L), Caçarola (2,0L), Caçarola (2,8L), Fervedor (1,0L), Panela (0,8L), Panela (1,4L) e  Panela (2,0L).
Material: Alumínio com antiaderente.
Espessura:?
Detalhes: Tampas de vidro temperado com bordas de aço inox - Cabos, alça de baquelite antitérmico e pagadores de nylon.

Número de peças: 6
Peças: Panela (1,25 L), Caçarola (2,55 L), Caçarola (3,55 L), Frigideira (200 ml), Frigideira (600 ml), Fervedor  (1 L). 
Material: Alumínio revestido com cerâmica.
Espessura: 2,5mm
Detalhes:  tampa em vidro temperado com saída para o vapor, cabos e alças com revestimento soft-touch.

Número de peças: 10
Peças: Panela (1,40 L), Panela (2 L), Caçarola (2 L), Fervedor (1 L), Frigideira de 16 cm, Frigideira de 18 cm, Assadeira Brasil (1,90 L),  Assadeira (1,80 L), Espátula Ability, Colher de Arroz Ability
Material: alumínio com antiaderente.
Espessura: 1,2mm
Detalhes:Tampas de Vidro e Cabos de Baquelite.

Número de peças: 8
Peças: Panela de 16cm, Panela de 18cm, Caçarola de 18cm, Fervedor de 14cm, Frigideira de 20cm, Espátula,  Pegador de macarrão, Colher Grande.
Material: alumínio com antiaderente.
Espessura: ?
Detalhes: tampas de vidro com saída a vapor, cabos e alças anatômicos em baquelite

Número de peças: 5
Peças: Frigideira 24cm, Panela 16cm, Panela 18cm, Caçarola 20cm, Caçarola  22cm,
Material: Antiaderente cerâmico.
Espessura: 1,8mm
Detalhes: Cabos e alças siliconadas resistentes ao calor, tampas em Vidro.

Número de peças: 10
Peças: Forma para torta/bolo (1.4l), Assadeira (2 l), Frigideira (16 cm), Frigideira (20 cm), Caçarola (2 l), Caçarola (2.8 l), panela (1.4l), Panela (2 l),  Panquequeira (22 cm), Fervedor (1 l).
Material: inoxc om antiaderente
Espessura: ?
Detalhes: tampas de vidro com saída a vapor, cabos e alças anatômicos em baquelite.

Número de peças: 5
Peças: frigideira (20 cm), frigideira (22 cm), panela (16 cm), panela (18 cm), caçarola.
Material: Alumínio revestido com cerâmica.
Espessura: 1,8mm
Detalhes: tampas de vidro com saída a vapor, cabos e alças anatômicos em baquelite.

Número de peças: 8
Peças: Panela (1,25L), Panela (1,55L), Caçarola (2,55L), Caçarola (4,55L), Frigideira (0,2L), Frigideira (0,6L), Grill (1,35L), Fervedor (1L).
Material: Alumínio revestido com cerâmica.
Espessura: 2,5mm
Detalhes:  tampa em vidro temperado com saída para o vapor, cabos e alças com revestimento soft-touch.

Eu amei o jogo de panelas número 3 e 6, achei lindo. Mas, acho que o melhor custo-benefício pra mim foi o kit número 9: ótima qualidade e peças funcionais. Elas são diferentes das que estou acostumada, mas acredito que vale a pena tentar.

Se você quer acompanhar a reforma e mobília do meu apt 603, me acompanhe pelo instagram.

Me conta, qual jogo de panela você gostou mais? Será que eu arrisco no número 9?

Beijos...


Para que serve um sérum facial?

 



Entre tantos produtos usados nos cuidados com a pele, especialmente em casa, os séruns estão ganhando espaço.

Mas, ainda assim pode ser que você não conheça os benefícios de usar um sérum e nem em qual etapa do skin care ele deve ser incluído.

O sérum é um produto que se apresenta num formato fluido e possui uma alta concentração de princípios ativos (aquilo que irá atuar na sua pele) – isso significa que em poucas gotas você terá um efeito potente de tratamento.

 

SÉRUM FACIAL

Dependendo da composição, o sérum terá uma determinada função e isso, em sinergia com outros produtos, irá cuidar da sua pele deixando-a com um aspecto uniforme, hidratada e com uma luminosidade natural.

Por exemplo, se o seu objetivo é prevenção do envelhecimento precoce aposte em séruns faciais com alta concentração de antioxidantes.

 

A composição do sérum também traz alguns cuidados: fique atenta as instruções no rótulo, pois alguns são utilizados preferencialmente durante o dia enquanto outros quando não há exposição solar.

 

 COMO USAR O SÉRUM?

Há diferentes formas de usar o sérum e ao utiliza-lo torna-se optativo o uso de hidratantes.

Eu uso o sérum apenas na região dos olhos e o hidratante no restante do rosto. Além disso, uma vez por semana uso um sérum combinado com a máscara de argila. Cada um escolhe o que melhor se adapta e é importante sentir como a sua pele está naquele momento e do que ela realmente precisa.

Independente de como usar, a sua pele precisa estar limpa antes de aplicar o sérum. 

SÉRUM FACIAL
 

❤ MAS, AFINAL QUAL A DIFERENÇA ENTRE UM SÉRUM E UM HIDRATANTE?

A composição irá variar e em um hidratante encontramos outros componentes, como os emulsificantes que são responsáveis por deixar aquele aspecto fofinho e branquinho do creme. O sérum, por sua vez, apresenta uma textura liquida que é mais rapidamente absorvida pela pele.

 

❤ QUAL SÉRUM USAR?

A indústria convencional de cosméticos apresenta inúmeras opções em séruns. Aqui, no Honey Cosméticos Naturais, temos duas opções que são feitas a base de óleos vegetais:

1 - Sérum para a região dos olhos:

Ele é rico em vitamina E, pois além da adição de tocoferol possui óleo de girassol. A vitamina E é um potente antioxidante e protege a pele dos efeitos prejudiciais dos famosos radicais livres.

Na sua composição também adicionamos o óleo de rosa mosqueta, que tem propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas. Além disso, ele é rico em vitamina C, nutriente que pode atuar reduzindo rugas, ajudando a reparar danos causados por raios ultravioletas do sol e diminuindo olheiras.

Para fechar, adicionamos óleo essencial de lavanda, que irá atuar contra rugas e manchas, e óleo essencial de alecrim, que atua tonificando e regenerando a pele.

 

2 - Sérum para manchas:

Também rico em vitamina E, pois além da adição de tocoferol possui óleo de girassol, aqui adicionamos óleo essencial de laranja doce. A laranja doce hidrata e atua clareando manchas, mas deve ser usada com cautela e sem exposição à luz solar.

Dessa forma, esse sérum é indicado na hora de fazer uma máscara de argila branca: você pode acionar umas gotinhas na sua mistura de argila e água e aplicar no rosto. Após retirar, aplique filtro solar.

 

Independente da sua escolha, saiba que o principal cuidado da sua pele vem de dentro: beba muita água e escolha alimentos saudáveis.

Me conta nos comentários: o sérum faz parte da sua rotina de cuidados faciais?

Mesa posta: montando uma decoração para as suas refeições



Me tornei aquilo que mais temia: a pessoa que gosta de mesa posta.
Sim! Depois de ter o meu próprio apartamento, a vontade de fazer das refeições mais do que apenas comer apareceu. E, com ela, o desejo de belos aparatos e aparelhos de jantar.
Por isso, separei algumas inspirações de itens e utensílios para montar uma Mesa Posta dos sonhos.

Aqui em casa somos só em dois e sempre comemos de qualquer forma: eu tenho uma prato velhinho que amo e o Fer gosta mesmo é de comer em potes (vai entender).
Mas, quero tentar mudar esse hábito e usar da Mesa Posta uma forma de se dedicar mais ao ato de comer e de prestar mais atenção no que se come. Com aquela pitadinha de criatividade e beleza que não pode ficar de fora.

MESA POSTA
Alguma dessas fotos é sua? Me avise para que eu possa te dar os devidos créditos.
Afinal, o que é essa tal de Mesa Posta? Nada mais é do que organizar a mesa de uma forma diferente e caprichada. Existem diferentes tipos de Mesa Posta, que depende da refeição e do evento. Por exemplo, você pode montar uma mesa para um churrasco de verão ou mesmo para uma data comemorativa, como o natal. Além disso, os utensílios podem mudar de acordo com o cardápio: uma mesa de chá da tarde ou de uma noite de sopa.

Independente da situação, alguns itens são primordiais para você ter uma

❤ Toalha de mesa, jogo americano e sousplat
Você pode optar por usar apenas um desses ou a combinação dos três.
Como a mesa aqui em casa já é velhinha (tem 30 anos e muitas marcas da vida), a toalha de mesa é importante para dar uma renovada e deixar o fundo mais atrativo. Apostar em algo neutro pode facilitar na hora de você compor o resto da decoração e a toalha pode ser coringa e usada em diferentes situações.
Os jogos americanos servem de apoio para copos, talheres e copos e os sousplat para os pratos.
Na hora de montar, você pode combinar diferentes cores e texturas ou seguir os mesmos tons. Isso vai depender do resultado que quer alcançar: mais ousado ou mais clássico.

❤ Louças
Os tamanhos e itens mudam, mas ter pratos e xícaras é fundamental para uma mesa posta.
Por ora, os meus são brancos. Mas, na minha Wish List separei duas opções em azul. Uma mais linda do que a outra, com uma cor que eu quero incorporar aqui em casa.


❤ Talheres
Você pode começar com o básico: colher, garfo e faca. Aos poucos, pode adicionar itens mais específicos como colheres de chá, facas de churrasco e outros detalhes.
Aqui em casa eu já tenho uma coleção linda de garfos de bolo, que consegui trocando selinhos em uma promoção no mercado. Mas, ainda falta aquele faqueiro especial para por na mesa.

❤ Copos e taças
A bebida faz parte e, portanto, é importante ter um jogo de copos coringa. Com o tempo você também pode investir em diferentes tipos de taças (para água, vinho, etc).

 Guardanapos
O guardanapo de tecido traz um charme extra. Além disso, como são mais baratos do que o restante do material para montar a mesa, você pode ter vários e mudar a composição da mesa posta. Para deixar mais bonito, use anéis e acessórios para envolver os guardanapos.

Além dos itens obrigatórios acima, uma mesa posta pode incluir acessórios, como castiçais e arranjos de flores.

Vamos para a minha Lista de Desejos?

Muitas coisas que tenho aqui no no meu apt 603 eu ganhei usado. Mas, estou economizando para comprar coisas com a minha cara.
No meu ideal de reforma, quero trazer o azul para a casa e, por isso, fiz duas combinações incríveis de mesa posta

Mesa posta

1. Jogo de Taças - R$82,99
2. Jogo Americano - R$26,90
3. Sousplat - R$20,52
5. Jogo de talher - R$73,00

Mesa posta


Além disso, fiz uma Lista de Desejos com itens para montar uma mesa de chá.
Mesa posta
1. Tábua Coração - R$53,99
2. Lugar Americano - R$14,99
4. Argolas Guardanapo - R$79,99



Me conta, qual azul você gostou mais?
Quero tentar produzir alguns itens. Na internet há vários DIY ensinando a compor detalhes de uma mesa posta.
Beijos...

Só não erra quem ainda não tentou!



Se você já errou em algo na sua vida, esse texto é pra você!


Só não erra quem ainda não fez!

Li essa frase e pensei muito sobre os acertos e erros que tive na vida. Até gravei um ig sobre o assunto e lá você pode ver alguns dos meus erros.

Hoje quero falar sobre a minha relação com o blog. Uma relação de amor e ódio!

Amor, pela escrita e pela produção de conteúdo... Ódio, por toda essa coisa blogueirística por trás!


Vamos ao começo.

O blog surgiu em um surto após o mestrado! Nao queria continuar na carreira acadêmica e queria fazer algo divertido (mal sabia que era muito mais que isso, era uma mudança de vida).

 A carreira acadêmica nunca saiu de mim (ainda bem, porque eu amo o que ela me trouxe), mas  fez com que durante muito tempo eu escondesse ter um blog!

Escondi por não me achar competente o suficiente para “ser blogueira”:  tinha vergonha de aparecer, medo de me expor, de fazer errado ou ainda de ter que justificar o motivo pelo qual eu estava fazendo aquilo

Isso se somou ao fato de ter começado meu doutorado e sentir a pressão de "você vai ser doutora e precisa se dedicar 100% a isso". Ou seja, o que iriam pensar se soubessem que eu estava fazendo resenha de batom?!


Eis que, depois de idas e vindas, altos e baixos, hoje respeito e gosto de tudo o que construí durante o meu mestrado e doutorado e amo o aconchego que o blog me dá.

Se você me perguntar possivelmente eu vou dizer "tenho um blog" e não "sou blogueira", porque ainda não me vejo como “aquela blogueira padrão” que o mundo está acostumado. E tá tudo bem, se eu fosse fazer igual a elas, não seria bom e não me faria bem!

Independente de tudo, vejo esses anos de Adivinha Honey como uma forma de crescimento, partilha e aconchego!


E no fim, quem não erra não tentou! Isso nunca fez tanto sentido! Vivo tentando encontrar o equilíbrio entre as duas coisas e buscando a forma de tornar o meu conteúdo (e não apenas a minha imagem) relevante e interessante pra você.


Então me conta, o que você gosta de ver por aqui?