Série Valéria: inspirações no estilo das personagens


 

Tá procurando uma série leve, que tem a cara e as dúvidas das jovens senhoras de quase 30 anos e ainda por cima tem uma fotografia incrível? Valéria é uma série digna de merecer seu tempo.


A segunda temporada estreou recentemente na Netflix. Assisti, de uma forma muito descontraída, e já estou ansiosa pela próxima.

A série espanhola se passa em volta da vida de 4 amigas. Durante o dia a dia, podemos acompanhar os dramas e anseios de cada uma das personagens, que tem personalidades, profissões, gostos e estilos diferentes. Mas que estão sempre unidas.


O grande foco da série é na protagonista, Valéria, uma escritora que enfim supera o bloqueio criativo, publica seu livro e se vê numa redescoberta após sair de um relacionamento de muitos anos. Ficar solteira? Mergulhar em outro romance? Focar no trabalho?


São muitas questões e a falta de dinheiro, relacionamentos, rumo profissional, sexualidade e outros temas que permeiam os quase 30 enchem a série de reflexões, drama e risadas. Muito além da trama, Valéria traz a inspiração de cenários, decoração de ambientes, restaurantes, comidas e bebidas e, é claro, as roupas das personagens.


Cada personagem tem um estilo peculiar e lindo do seu próprio jeito. Por isso, hoje eu trouxe algumas inspirações baseadas nas quatro amigas, começando pela própria Valéria.


roupas série valeria


Ao meu ver, Valéria é a escritora bagunceira, criativa e meio perdida nas suas próprias ideias. Seus looks oscilam muito conforme o seu humor. Mas o que sempre está presente é o conforto e o básico. Valéria usa e abusa de peças oversized (tricôs, casacos...), camisetas básicas, combinados com o clássico jeans com a barra dobrada ou uma calça de alfaiataria mais soltinha. Os vestidos rodadinhos com meia calça também são uma aposta da escritora. A botinha baixa, especialmente a vermelha pra dar aquele up, e os tênis sempre a acompanham.  

roupas série valeria


Look Valéria

- Calça – disponível por R$30,00


O estilo de Lola grita a sua personalidade livre e sexy. Ela consegue misturar muito bem elementos do clássico vintage com peças sexys, que demonstram a imagem que ela quer mostras: a pluralidade feminina. Por isso, vemos Lola com conjuntos de alfaiataria inteiros de uma mesma cor ou com listras chamativas, combinados com blusas decotadas e mini saias. O scarpin e o salto complementam o estilo da viajante que tem o mundo aos seus pés.

roupas série valeria

Look Lola

- Conjunto alfaiataria – disponível por R$48,00

- Body - disponível por R$28,00


Nerea
é a clássica clássica clássica... Aquela que sempre fez tudo o que esperavam dela e sempre o fez da melhor forma possível. Isso se reflete nas suas roupas e estilo: sempre usando peças muito bem passadas, formais, com ótimo caimento e sofisticadas. As camisas de cetim, calças de linhos,  blusinhas elegantes de alcinha combinadas com terninhos e pantalonas são componentes chaves do estilo da advogada que almeja mudar de carreira.

roupas série valeria

Look Nerea

- Calça – disponível por R$45,00

- Blusinha- disponível por R$35,00

- Casaco- disponível por R$35,00


Carmen
, a publicitaria criativa, demonstra toda a sua ousadia nas suas composições. Seus looks gritam romantismo, tendência, criatividade e alegria. Sempre misturando babados, recortes e estampas, Carmen abusa do circulo cromático e nos mostra que é possível caprichar nas cores e compor looks incríveis.

roupas série valeria



Look Carmen

- Saia– disponível por R$30,00

- Blusinha- disponível por R$32,00


Confesso que amo um pouquinho de cada um desses estilos e incorporo fácil fácil no meu armário inspiração dessas divas da série Valéria.


As peças utilizadas como inspiração estão disponíveis para compra no site Achei no Garimpo. Então, se você gostou não perde tempo e aproveita para dar um up no seu visual. Além disso, se ainda não assistiu, Valéria está disponível na netflix e é uma delicia de maratonar.


E ai, me conta, qual das personagens se parece mais com você?

Mom jeans: como usar?





Se for pra escolher uma tendência você prefere o cós baixo dos anos 2000 ou a mom jeans dos anos 90?

mom jeans

Eu sou do time MOM! Acho confortável e muito mais versátil.

Mas afinal, o que é que uma MOM VERDADEIRA tem?

Vamos começar pelo nome desse modelo de calça que tem feito sucesso entre as fashionistas. Mom faz referência às mães dos anos 90 e as roupas que elas costumavam usar: confortáveis e resistentes.

Eu realmente lembro da minha mãe com esse estilo de calça, inclusive já revi em algumas fotografias aqui em casa.

 

“Ah, mas as fotos que eu via da minha mãe são bregas!”

Será mesmo? A moda se reinventa e é cíclica! As MOM jeans, vindas do túnel do tempo, estão com tudo o que fez, inclusive, as grandes marcas de fast fashion terem incluído essa peça nas suas novas coleções.

 

A peça é tão incrível que você pode combinar com acessórios mais street, como tênis, até uma pegada mais chic, como scarpin.

mom jeans


mom jeans


Anota ai para não esquecer, para uma peça ser classificada como Mom ela precisa ter:

- Cintura bem alta;

- Modelagem reta, nada justa nas pernas e bem confortável;

- Jeans de qualidade.

 

E sabe o que é melhor ainda, garantir uma excêntrica e original MOM jeans vintage. Sim, com a ascensão dos brechós é possível garimpar uma MOM jeans original. De quebra, você garante uma peça exclusiva, com ótima qualidade e com a modelagem perfeita.

 Afinal, chic mesmo é ter um guarda-roupa e preservar o ambiente, porque a roupa mais sustentável é aquela que já existe.

O brechó Achei no Garimpo procura peças com potencial de compor looks incríveis. E dá uma espiada nesses modelos MOM jeans que estão disponíveis. Entre no site e garimpe já a sua!

mom jeans


mom jeans

Me conta, já se jogou para o lado MOM da força?

Como organizar seu armário em 5 passos?

 




Independente do seu perfil de consumo, manter peças paradas no seu armário não traz nenhuma vantagem!

 

Por isso, vira e mexe eu estou fazendo uma organização, e detox, no meu armário.

 

No ano de 2020, com a pandemia e o trabalho em casa, meus looks se basearam em pijama e roupas confortáveis. Com o Desafio Cuide-se eu passei a olhar mais para as minhas peças e, dentre tudo o que tenho, percebi que já não gostava de algumas roupas e outras já não me serviam. Por isso, vou aproveitar esse momento para fazer uma limpa por aqui.

 

Mas, eu sei bem que nem sempre conseguimos desapegar de peças que estão lá no cantinho do guarda roupas. Por isso, selecionei algumas dicas na hora de começar esse processo.

 


organização de armário


1. Visualize o montante:

Tire tudo o que tem e visualize... São poucas peças ou uma montanha?

Tente começar tirando as peças e separando por grupos: calças, blusas, vestidos... Depois, liste tudo o que tem e reflita se precisa de todas essas peças. Você pode acabar se surpreendendo.  


2. Avalie a adequação:

Pense em como anda a sua vida: qual o seu trabalho? Que roupas mais usa? Você preza por conforto? Avalie quais roupas se adequam ao seu momento. Talvez aquela camiseta de dinossauro de quando tinha 15 anos não se encaixe mais no seu estilo... Ou aquela saia da sua fase gótica não seja mais tão útil na sua rotina.


3. Separe:

Se não usa há mais de 1 ano, faz sentido guardar? Não faz mais parte do seu estilo de vida? Tá apertada, te machuca, faz sentido manter? Separe em peças que irão ficar; peças que necessitam de conserto; peças que irão para a doação e peças que podem ser vendidas. Além disso, aprendi a separar as peças com apego emocional: aquela que você não usa, mas ganhou de alguém especial e não quer desapegar.


LEMBRE-SE: Nem tudo que reluz é ouro. Tem peças que podem ser vendidas para fazer uma graninha, mas nem todas as peças podem estar nessas condições. Por isso, separe uma caixinha para doar e destinar a quem realmente precisa.


4. Peça ajuda:

Há profissionais que podem nos ajudar. Se você não consegue se organizar, procure a ajuda de uma consultora de estilo. Eu fiz a minha consultoria com a Kelly Dutra e mudou a minha forma de manter o meu armário.


5. Organize:

Na hora de guardar as roupas novamente, planeje a melhor forma de organizar. É importante que, ao abrir, você consiga visualizar tudo o que tem. Se tiver bagunçado ou a peça estiver escondidinha você não vai saber o que usar. Mantenha a quantidade de roupas que o seu espaço suporta e nunca mais repita aquela frase “eu não tenho roupa”.





 

Me conta nos comentários: já fez seu detox no armário? Esse processo é fácil pra você?

Como escolher um jogo de panelas?



Que mané baladinha! O jovem chegando nos 30 anos gosta mesmo é de mobília para casa.

Aqui, quem está pedindo socorro são as panelas! No ultimo mês, duas soldadas perderam seus cabos e foram aposentadas.

Meu jogo de panela já é velho... Ganhei usado e já tá batendo seus 15 anos. Percebi que tá na hora de criar vergonha na cara e investir em panelas para chamar de minhas.

Por isso, fiz uma pesquisa de valores e modelos para encher meus olhos (e coração) com essas inspirações.

Mas, muito além de beleza, as panelas são essenciais em toda cozinha e o modelo, durabilidade e material são itens importantes na hora de fechar a compra.


Qual o melhor tipo de panela?


 Cerâmica:  Elas são um charme e, além de bonitas, são antiaderentes. São fáceis de limpar e mantem o alimento quente por mais tempo, mas são delicadas e qualquer batidinha pode quebrar. 

 Alumínio: São leves, baratas e super comuns. Esquentam com facilidade, mas podem grudar e queimar a comida, especialmente as mais fininhas.

 Inox:  Toda brilhosa e elegante, com alta condutibilidade de calor. Eu tenho uma grandona, uso apenas para alimentos cozidos em água, pois esse tipo de panela tende a fazer com que o alimento grude na sua superfície.

 Teflon: Ele é usado como um dos revestimento mais comum em panelas e  antiaderentes, formando uma película que impede que os alimentos grudem nas panelas. Meu tipo favorito, mas que demanda atenção no preparo do alimento (para não riscar o fundo) e na lavagem, para aumentar a sua vida útil - que não é muito longa.

 

Além do material, é importante pensar no tamanho e na quantidade de panelas que vem no jogo.

Para isso, pense na sua rotina! Eu, por exemplo, tenho as minhas favoritas: não são muito grandes e tem cabo comprido (e não alça).

A medida e espessura são importantes: a medida representa o quanto de alimento você irá conseguir fazer na panela e é descrita com diâmetro, em centímetros, e capacidade, em litros; já a espessura, descrita em mm, representa a sua resistência (queimar) e capacidade de manter calor - prefira panelas com espessura de no mínimo 1,5 mm.

 

Os valores de jogos de panela são muito variáveis: você pode comprar um jogo com 10 panelas muito mais barato do que um com cinco e a diferença está na qualidade.

Já cometi esse erro uma vez, comprando um jogo barato e sem parar para pensar.  O resultado? Raiva e muita comida queimada jogada no lixo. Portanto, não se deixe enganar por valores: invista em algo prático, útil e duradouro. 

Vamos para a minha Lista de Desejos?



jogo de panelas



1.  Jogo de Panelas Antiaderente Cobre 7 Peças - La Cuisine By Brinox - R$239,99

Número de peças: 7

Peças: caçarola (2,5L e 3,4L), panelas (1,75L e 1,2L), frigideira (0,6L), frigideira (0,45L) e fervedor (1,2L).
Material: alumínio com antiaderente.
Espessura:?
Detalhes: tampas de vidro e cabos de baquelite.

2. Jogo de Panelas Tramontina Antiaderente - Bronze e Preto 8 Peças Turquia- R$379,90
Número de peças: 8
Peças: Assadeira funda (1,9L), Caçarola (2,0L), Caçarola (2,8L), Fervedor (1,0L), Panela (0,8L), Panela (1,4L) e  Panela (2,0L).
Material: Alumínio com antiaderente.
Espessura:?
Detalhes: Tampas de vidro temperado com bordas de aço inox - Cabos, alça de baquelite antitérmico e pagadores de nylon.

Número de peças: 6
Peças: Panela (1,25 L), Caçarola (2,55 L), Caçarola (3,55 L), Frigideira (200 ml), Frigideira (600 ml), Fervedor  (1 L). 
Material: Alumínio revestido com cerâmica.
Espessura: 2,5mm
Detalhes:  tampa em vidro temperado com saída para o vapor, cabos e alças com revestimento soft-touch.

Número de peças: 10
Peças: Panela (1,40 L), Panela (2 L), Caçarola (2 L), Fervedor (1 L), Frigideira de 16 cm, Frigideira de 18 cm, Assadeira Brasil (1,90 L),  Assadeira (1,80 L), Espátula Ability, Colher de Arroz Ability
Material: alumínio com antiaderente.
Espessura: 1,2mm
Detalhes:Tampas de Vidro e Cabos de Baquelite.

Número de peças: 8
Peças: Panela de 16cm, Panela de 18cm, Caçarola de 18cm, Fervedor de 14cm, Frigideira de 20cm, Espátula,  Pegador de macarrão, Colher Grande.
Material: alumínio com antiaderente.
Espessura: ?
Detalhes: tampas de vidro com saída a vapor, cabos e alças anatômicos em baquelite

Número de peças: 5
Peças: Frigideira 24cm, Panela 16cm, Panela 18cm, Caçarola 20cm, Caçarola  22cm,
Material: Antiaderente cerâmico.
Espessura: 1,8mm
Detalhes: Cabos e alças siliconadas resistentes ao calor, tampas em Vidro.

Número de peças: 10
Peças: Forma para torta/bolo (1.4l), Assadeira (2 l), Frigideira (16 cm), Frigideira (20 cm), Caçarola (2 l), Caçarola (2.8 l), panela (1.4l), Panela (2 l),  Panquequeira (22 cm), Fervedor (1 l).
Material: inoxc om antiaderente
Espessura: ?
Detalhes: tampas de vidro com saída a vapor, cabos e alças anatômicos em baquelite.

Número de peças: 5
Peças: frigideira (20 cm), frigideira (22 cm), panela (16 cm), panela (18 cm), caçarola.
Material: Alumínio revestido com cerâmica.
Espessura: 1,8mm
Detalhes: tampas de vidro com saída a vapor, cabos e alças anatômicos em baquelite.

Número de peças: 8
Peças: Panela (1,25L), Panela (1,55L), Caçarola (2,55L), Caçarola (4,55L), Frigideira (0,2L), Frigideira (0,6L), Grill (1,35L), Fervedor (1L).
Material: Alumínio revestido com cerâmica.
Espessura: 2,5mm
Detalhes:  tampa em vidro temperado com saída para o vapor, cabos e alças com revestimento soft-touch.

Eu amei o jogo de panelas número 3 e 6, achei lindo. Mas, acho que o melhor custo-benefício pra mim foi o kit número 9: ótima qualidade e peças funcionais. Elas são diferentes das que estou acostumada, mas acredito que vale a pena tentar.

Se você quer acompanhar a reforma e mobília do meu apt 603, me acompanhe pelo instagram.

Me conta, qual jogo de panela você gostou mais? Será que eu arrisco no número 9?

Beijos...


Para que serve um sérum facial?

 



Entre tantos produtos usados nos cuidados com a pele, especialmente em casa, os séruns estão ganhando espaço.

Mas, ainda assim pode ser que você não conheça os benefícios de usar um sérum e nem em qual etapa do skin care ele deve ser incluído.

O sérum é um produto que se apresenta num formato fluido e possui uma alta concentração de princípios ativos (aquilo que irá atuar na sua pele) – isso significa que em poucas gotas você terá um efeito potente de tratamento.

 

SÉRUM FACIAL

Dependendo da composição, o sérum terá uma determinada função e isso, em sinergia com outros produtos, irá cuidar da sua pele deixando-a com um aspecto uniforme, hidratada e com uma luminosidade natural.

Por exemplo, se o seu objetivo é prevenção do envelhecimento precoce aposte em séruns faciais com alta concentração de antioxidantes.

 

A composição do sérum também traz alguns cuidados: fique atenta as instruções no rótulo, pois alguns são utilizados preferencialmente durante o dia enquanto outros quando não há exposição solar.

 

 COMO USAR O SÉRUM?

Há diferentes formas de usar o sérum e ao utiliza-lo torna-se optativo o uso de hidratantes.

Eu uso o sérum apenas na região dos olhos e o hidratante no restante do rosto. Além disso, uma vez por semana uso um sérum combinado com a máscara de argila. Cada um escolhe o que melhor se adapta e é importante sentir como a sua pele está naquele momento e do que ela realmente precisa.

Independente de como usar, a sua pele precisa estar limpa antes de aplicar o sérum. 

SÉRUM FACIAL
 

❤ MAS, AFINAL QUAL A DIFERENÇA ENTRE UM SÉRUM E UM HIDRATANTE?

A composição irá variar e em um hidratante encontramos outros componentes, como os emulsificantes que são responsáveis por deixar aquele aspecto fofinho e branquinho do creme. O sérum, por sua vez, apresenta uma textura liquida que é mais rapidamente absorvida pela pele.

 

❤ QUAL SÉRUM USAR?

A indústria convencional de cosméticos apresenta inúmeras opções em séruns. Aqui, no Honey Cosméticos Naturais, temos duas opções que são feitas a base de óleos vegetais:

1 - Sérum para a região dos olhos:

Ele é rico em vitamina E, pois além da adição de tocoferol possui óleo de girassol. A vitamina E é um potente antioxidante e protege a pele dos efeitos prejudiciais dos famosos radicais livres.

Na sua composição também adicionamos o óleo de rosa mosqueta, que tem propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas. Além disso, ele é rico em vitamina C, nutriente que pode atuar reduzindo rugas, ajudando a reparar danos causados por raios ultravioletas do sol e diminuindo olheiras.

Para fechar, adicionamos óleo essencial de lavanda, que irá atuar contra rugas e manchas, e óleo essencial de alecrim, que atua tonificando e regenerando a pele.

 

2 - Sérum para manchas:

Também rico em vitamina E, pois além da adição de tocoferol possui óleo de girassol, aqui adicionamos óleo essencial de laranja doce. A laranja doce hidrata e atua clareando manchas, mas deve ser usada com cautela e sem exposição à luz solar.

Dessa forma, esse sérum é indicado na hora de fazer uma máscara de argila branca: você pode acionar umas gotinhas na sua mistura de argila e água e aplicar no rosto. Após retirar, aplique filtro solar.

 

Independente da sua escolha, saiba que o principal cuidado da sua pele vem de dentro: beba muita água e escolha alimentos saudáveis.

Me conta nos comentários: o sérum faz parte da sua rotina de cuidados faciais?