Europeando I- Planejando a viagem: terei dinheiro para ir?



Na semana passada eu prometi a vocês que iria dar dicas e te ajudar a tornar a sua viagem dos sonhos real! Focando sempre em otimização de tempo e economia de dinheiro! (Confira o post na integra aqui)

Nas próximas quartas-feiras teremos um encontro marcado. A cada semana deixarei "tarefas de casa" e no fim dessa série de post a sua viagem vai estar planejada, você nem vai perceber! Duvida? Me acompanha então...

A pergunta que mais me atormentou quando a ideia de viajar surgiu foi: eu realmente tenho dinheiro pra isso?
Eu não fazia a menor ideia de quanto toda essa brincadeira iria custar e realmente achei que seria extremamente caro. Mas não foi!

Gente, uma coisa que precisamos ter em mente é que não dá pra querer viajar semana que vem. Leva tempo...Você precisa de um mínimo de organização, se não o seu sonho pode ser tornar um pesadelo.
A minha viagem começou a ser planejada quase 7 meses antes. Durante esse tempo eu consegui economizar e juntar o dinheiro necessário pra poder embarcar tranquila e sem nenhuma dívida (com exceção da passagem que comprei parcelada- o valor não está incluso nesses 5mil).

Mas afinal, quanto custa viajar? Pra responder essa pergunta você deve listar quais lugares deseja conhecer?

Nós optamos por países mais clichês. Como éramos turistas de primeira viagem escolhemos lugares bem atrativos: Bruxelas e Bruges - Bélgica, Amsterdam -Holanda, Paris - França, Roma - Itália e Londres - Inglaterra.

Segredinho: Óbvio que esse momento foi de "piração". A nossa lista de lugares era bem maior, mas é importante colocar os pés no chão.
Nós não iríamos ter condições de ir pra muito países...talvez até fosse possível, mas ia ser estressante. Você acaba passando mais tempo no transporte do que no lugar! Teria sido cansativo e não teríamos conhecido tantos lugares legais.
A nossa escolha foi: poucos países, vários dias!




Definiu os lugares? Agora é hora de fazer uma pesquisa rápida sobre gastos. 

Procure na internet dicas de pessoas que já foram e compartilharam suas experiências. Quanto elas gastavam aproximadamente por dia, quanto desse valor foi para transporte, alimentação, atrações, etc. 
Juro que foi fácil, pois muita gente compartilha essas informações. Você só vai perder um tempinho procurando, mas no final vale a pena. Se você conhecer alguém que já viajou para o mesmo lugar que pretende ir, como foi o meu caso, fica mais fácil. Peça pra essa pessoa uma estimativa de gastos.

Durante essa pesquisa, você irá perceber que muita gente diz quanto tempo ficou no lugar. As vezes elas até comentam que faltou ou sobrou tempo. Essas informações são muito úteis para definir quantos dias você irá ficar no local.
No meu caso, fiz uma estimativa de dias e depois, ao montar meus roteiros, eu mudei. As pesquisas me proporcionaram uma ideia de quais lugares precisavam de mais dias.

Além dos gastos durante a viagem, há gastos que a antecedem. Lembre-se que é de extrema importância contratar um seguro viagem (mais pra frente falarei dele), além disso, como viajei no inverno, precisei comprar algumas roupas adequadas. Assim, eu sabia que em cima do valor estimado da viagem teria um gasto de no mínimo R$500,00.

Com o resultado da pesquisa em mãos eu organizei uma planilha no Excel. Montei a minha planilha em euros e transformei o valor total em reais.
Outro ponto importante: adicionei nessa planilha 50 euros de reserva para cada país (para possíveis emergências)!
Ali estava a minha previsão de gastos e eu trabalhei todo o planejamento da minha viagem dentro daquela faixa.


É importante notar que nós não pagamos estádia na Bélgica, com isso economizamos aproximadamente mil reais! Facilita muito ter amigos, ou você pode fazer dessa uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas :) 


Aconselho que guarde essa planilha e monte outra com seus gastos reais (onde você irá colocar cada valor de acordo com o que for gastando). No final da viagem poderá comparar as duas e verá o quão bom foi o seu planejamento, além de ter uma experiência para suas próximas aventuras.

Outro ponto importante: é aconselhável ter um cartão de crédito internacional, pois para todas as compras feitas pela internet ainda no Brasil esse cartão será utilizado. Além disso, é bom levar o cartão para cobrir eventuais emergências ou imprevistos. Eu aconselho não utilizar, pois a transação acaba saindo muito cara, você deixa de economizar e ainda volta para o Brasil com dívidas. 


OBS: Eu nunca procurei uma agência de turismo, mas conheci pessoas que tiveram orçamentos até três vezes maiores do que o meu. Então, caso não consiga planejar você mesma e precise de ajuda, fique de olho! Faça vários orçamentos e pergunte-se: “será mesmo que eu não consigo me organizar e realizar uma enorme economia?”.

 Tarefa de casa: 
  • Definir o tempo disponível para a viagem.
  • Definir o/os lugares. Se mais de um, definir quanto tempo em cada lugar.
  • Realizar uma pesquisa básica na internet com informações sobre gastos.
  • Com essas informações, montar uma planilha inicial no Excel.
  • Verificar o se o seu cartão é internacional, caso contrário sugiro que providencie um (não é para agora, mas mais pra frente ele será importante).

Qualquer dúvida referente a essa etapa eu estou a disposição.
Contribua com o post. Deixe seu comentário, sua dica, sua sugestão...

Espero que esteja gostando!
Na próxima quarta você ficará sabendo: Qual a relação entre os pontos turísticos e a escolha do hotel? Não perca!

2 comentários:

  1. Da maneira que você escreveu até da vontade de deixar a preguiça de lado e começar a programar a próxima viagem, adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahhha..Eu acho que essa foi uma das melhores fases!!Aprendi muito planejando a viagem!
      E vc me ajudou! Tenho guardado no meu pc um arquivo com uma conversa sua sobre dicas!

      Excluir